10 anos da Lava Jato: conheça os personagens, polêmicas e episódios mais marcantes – 02/03/2024 – Poder

Dez anos após a primeira fase da Operação Lava Jato, a força-tarefa ainda está no centro do debate político do Brasil, com desdobramentos judiciais em andamento e questionamentos sobre as ações tomadas durante as investigações. O foco principal da operação foi em Curitiba, onde foram deflagradas 81 fases até o encerramento da força-tarefa em 2021. […]

Compartilhe este conteúdo


Dez anos após a primeira fase da Operação Lava Jato, a força-tarefa ainda está no centro do debate político do Brasil, com desdobramentos judiciais em andamento e questionamentos sobre as ações tomadas durante as investigações.

O foco principal da operação foi em Curitiba, onde foram deflagradas 81 fases até o encerramento da força-tarefa em 2021. As investigações atingiram políticos, operadores financeiros, ex-executivos de estatais e empresários, resultando em acordos de colaboração e devolução de recursos.

Relembrando os principais personagens, episódios e controvérsias desde o início da Lava Jato em 17 de março de 2014:

1. **Lula**: O ex-presidente foi réu em quatro processos no Paraná, ficando preso por 580 dias em Curitiba após a condenação no caso tríplex. No entanto, ele acabou sendo eleito presidente em 2022.

2. **Eduardo Cunha**: A operação foi crucial para sua saída da presidência da Câmara em 2016, sendo posteriormente preso por três anos e meio no Paraná.

3. **Michel Temer**: O ex-presidente foi preso em 2019 no Rio de Janeiro após deixar o cargo, mas conseguiu diversas vitórias judiciais posteriormente.

4. **Fernando Collor**: Condenado em 2023 no STF, aguarda recursos em liberdade após a ação derivada da operação.

5. **Sérgio Cabral**: Principal réu do braço da operação no Rio de Janeiro, ficou preso por seis anos e ainda planeja voltar à política.

Dentre as autoridades envolvidas, destacam-se:
– **Sergio Moro**: Símbolo da Lava Jato, tornou-se ministro da Justiça e hoje é senador, enfrentando ameaças de cassação.
– **Deltan Dallagnol**: Chefe da força-tarefa do MP, foi cassado por violação à Lei da Ficha Limpa após se eleger deputado.

Os métodos da operação incluíam prisões preventivas, delações premiadas, foco na comunicação com a opinião pública, concentração de casos e conduções coercitivas.

Em meio a polêmicas como grampos ilegais, divulgação de áudios de autoridades e criação de uma fundação privada com recursos da Petrobras, a Lava Jato enfrentou fases de derrocada, como a saída de Moro, o envio de casos para a Justiça Eleitoral e a publicação de diálogos vazados.

O enfrentamento de opositores como Cristiano Zanin, Gilmar Mendes, Augusto Aras e Renan Calheiros, além de confusões, como a cantoria de Néma Kodama em CPI, a soltura de Lula e a prisão anti-Lava Jato do juiz Eduardo Appio, marcaram o conturbado cenário da operação ao longo dos anos.

Outros assuntos relacionados
Carlos Santana

Carlos Santana

Jornalista chefe

Jornalista e redator chefe do Jornal da Net.

São Paulo, SP.

Tópicos do conteúdo

Buscas relacionadas

Mega sena