Ex-membros do governo Lula são designados para conselho – Painel de 02/03/2024

Quatro membros do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foram escolhidos no final de 2023 para integrar o Conselho de Administração da Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro. Os ministros Silvio Almeida (Direitos Humanos) e José Mucio (Defesa), juntamente com o assessor internacional da Presidência, Celso Amorim, e o presidente da […]

Compartilhe este conteúdo


Quatro membros do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foram escolhidos no final de 2023 para integrar o Conselho de Administração da Companhia Distribuidora de Gás do Rio de Janeiro.

Os ministros Silvio Almeida (Direitos Humanos) e José Mucio (Defesa), juntamente com o assessor internacional da Presidência, Celso Amorim, e o presidente da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), Ricardo Cappelli, foram nomeados pelo BNDES, que detém 34,55% do capital da empresa privatizada em 1997, conhecida como Naturgy.

Dentre esses membros, apenas Mucio possui experiência no setor, tendo sido presidente de uma empresa de energia em Pernambuco.

Até o momento, eles participaram de duas reuniões, em novembro de 2023 e fevereiro deste ano, recebendo um salário mensal de R$ 19.461 cada. A prática de nomear servidores para conselhos é comum em governos para aumentar seus rendimentos.

Em comunicado, o BNDES afirmou que a legislação não exige experiência prévia dos conselheiros no setor específico de atuação da empresa, priorizando a diversidade. O banco ressaltou a importância da diversidade de perfis no Conselho de Administração para promover decisões de qualidade e segurança.

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Outros assuntos relacionados
Carlos Santana

Carlos Santana

Jornalista chefe

Jornalista e redator chefe do Jornal da Net.

São Paulo, SP.

Tópicos do conteúdo

Buscas relacionadas

Mega sena