Governo nega reclamações de ministros sobre Janja atender ligações para Lula, afirma site

A companheira de Luiz Inácio Lula da Silva, Janja Lula da Silva, também exerce a função de secretária do presidente, atendendo suas ligações quando estão no Palácio da Alvorada, já que ele não utiliza telefone celular. Essa informação foi divulgada pelo site Poder 360 nesta quarta-feira (28) e foi parcialmente confirmada pelo governo à Gazeta […]

Compartilhe este conteúdo

A companheira de Luiz Inácio Lula da Silva, Janja Lula da Silva, também exerce a função de secretária do presidente, atendendo suas ligações quando estão no Palácio da Alvorada, já que ele não utiliza telefone celular.

Essa informação foi divulgada pelo site Poder 360 nesta quarta-feira (28) e foi parcialmente confirmada pelo governo à Gazeta do Povo. De acordo com a apuração, Janja auxilia o presidente a fazer e receber ligações quando estão sozinhos na residência oficial, e teria sido alvo de reclamações de ministros que não conseguem contatá-lo.

A Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) afirmou à Gazeta do Povo que “o presidente Lula não possui celular”, porém desconhece reclamações de ministros sobre o assunto. Quando questionada sobre as informações adicionais levantadas pelo Poder 360, a secretaria não forneceu uma resposta.

Segundo a apuração, nos momentos de relaxamento de Lula, especialmente no Palácio da Alvorada ou em viagens, Janja assume a função que normalmente é desempenhada por Marco Aurélio Ribeiro, chefe de gabinete, exigindo que aqueles que desejam falar com o presidente entrem em contato com ela primeiro.

Lula já demonstrou em diversas ocasiões seu apoio e incentivo à atuação de Janja ao seu lado na política, chegando a descrevê-la como seu “farol”. Além disso, ele já expressou sua irritação com as críticas direcionadas a ela nas redes sociais.

No final do ano passado, durante a última live “Conversa com o Presidente”, Lula deu carta branca à primeira-dama para se reunir com o alto escalão do governo quando desejar, chamando-a de “uma agente política”.

“Ela era uma agente política antes de eu a conhecer, continua sendo, por isso que eu falo que ‘você faça o que você quiser’, cada um de nós sabe as nossas tarefas, nossas missões. Ela não precisa de cargo para ser importante, para fazer o trabalho que ela quiser fazer, se quiser visitar alguém, um estado”, afirmou na época.

O presidente ainda ressaltou que Janja possui uma grande compreensão sobre a governança do país que ele exerce, e que às vezes “ela critica e fica aborrecida”, mas que o auxilia em suas decisões.

Outros assuntos relacionados
Carlos Santana

Carlos Santana

Jornalista chefe

Jornalista e redator chefe do Jornal da Net.

São Paulo, SP.

Tópicos do conteúdo

Buscas relacionadas

Mega sena