Líder do PSDB defende interesses do Jockey Club de São Paulo durante reunião – 03/03/2024 – Painel

O presidente nacional do PSDB, Marconi Perillo, está fazendo lobby pelo Jockey Club de São Paulo, em meio a tensões com a gestão de Ricardo Nunes (MDB). Essa atuação ocorre em um momento em que o partido está discutindo seu posicionamento para a eleição na capital e tem sido cortejado pelo prefeito. Alguns aliados de […]

Compartilhe este conteúdo


O presidente nacional do PSDB, Marconi Perillo, está fazendo lobby pelo Jockey Club de São Paulo, em meio a tensões com a gestão de Ricardo Nunes (MDB).

Essa atuação ocorre em um momento em que o partido está discutindo seu posicionamento para a eleição na capital e tem sido cortejado pelo prefeito. Alguns aliados de Nunes e vereadores têm expressado desconforto com a possível sobreposição de interesses por parte de Perillo.

Em nota ao Painel, o tucano negou qualquer participação em reuniões relacionadas ao apoio partidário na eleição paulistana e rejeitou a ideia de conflito de interesses em suas atividades.

Uma das principais preocupações de Perillo atualmente está relacionada a um projeto que será votado pela Câmara Municipal nas próximas semanas, o qual proíbe a utilização de animais em atividades desportivas com apostas, o que poderia afetar o funcionamento do Jockey. Perillo tem se mobilizado para tentar articular a reprovação desse projeto, que é de autoria do vereador Xexéu Trípoli, também filiado ao PSDB.

Por outro lado, o vereador Milton Leite, presidente da Câmara e aliado de Nunes, é um dos defensores da aprovação do projeto que proíbe as atividades do Jockey envolvendo animais. Nos últimos anos, Leite liderou a aprovação de projetos para desapropriação do espaço do Jockey na Cidade Jardim, zona oeste de São Paulo, visando a criação de um parque municipal no local.

Perillo presta serviços de consultoria para a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), cujo presidente, Benjamin Steinbruch, também preside o Jockey. O presidente do PSDB já se reuniu com membros da Prefeitura de São Paulo, incluindo Nunes e Steinbruch, para discutir questões relacionadas ao Jockey.

Enquanto atua em prol dos interesses do Jockey, Perillo também lidera o PSDB, que está definindo sua posição na eleição de 2024 em São Paulo. Nunes busca o apoio dos tucanos e tenta evitar possíveis alianças com outros candidatos.

Recentemente, Perillo conversou com Michel Temer, cabo eleitoral de Nunes, sobre a participação do prefeito em um evento de Jair Bolsonaro. Perillo explicitou que o PSDB gostaria de indicar um nome para a vice na chapa de Nunes.

Em relação às acusações de conflito de interesses, Perillo reiterou que suas atividades profissionais não interferem em suas atividades políticas ou partidárias. Ele também destacou que respeita a autonomia de São Paulo para decidir suas alianças.

Em resposta, Nunes afirmou que não sofre pressão de Perillo e que o ex-governador representa dignamente o PSDB, que historicamente se opôs à esquerda no estado e na cidade de São Paulo.

Outros assuntos relacionados
Carlos Santana

Carlos Santana

Jornalista chefe

Jornalista e redator chefe do Jornal da Net.

São Paulo, SP.

Tópicos do conteúdo

Buscas relacionadas

Mega sena