Marqueteiro de Milei afirma: “Ninguém vai te perseguir aqui”

O especialista em marketing argentino Fernando Cerimedo, conhecido por seu trabalho na campanha eleitoral do presidente da Argentina, Javier Milei, aproveitou as redes sociais para enviar uma mensagem ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), garantindo que ele não seria alvo de perseguição se visitasse a Argentina. O ministro viajou para Buenos […]

Compartilhe este conteúdo


O especialista em marketing argentino Fernando Cerimedo, conhecido por seu trabalho na campanha eleitoral do presidente da Argentina, Javier Milei, aproveitou as redes sociais para enviar uma mensagem ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), garantindo que ele não seria alvo de perseguição se visitasse a Argentina.

O ministro viajou para Buenos Aires para participar do Seminário “Atualização do Código Civil Brasil – Diálogo com o Código Civil Argentino”, organizado pela revista Justiça e Cidadania. O evento ocorreu na Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires, entre os dias 29 de fevereiro e 1º de março.

Em tom irônico, Cerimedo sugeriu que Moraes aproveitasse para visitar a Patagônia e conhecer as baleias locais, brincando com a investigação envolvendo o ex-presidente Jair Bolsonaro após um suposto incidente de “importunação” a uma baleia durante um passeio de jet ski em São Sebastião, São Paulo.

Cerimedo ainda assegurou que Moraes poderia expressar suas opiniões livremente na Argentina, sem receio de perseguição ou censura, referindo-se à suspensão das contas de jornalistas nas redes sociais ordenada pelo ministro em janeiro de 2023.

O especialista em marketing finalizou sua mensagem encorajando Moraes a desfrutar da liberdade de expressão na Argentina, sem medo de represálias, e citando a possibilidade de questionar teorias conspiratórias e até mesmo solicitar o código-fonte de sistemas locais.

Além disso, Cerimedo ironizou a participação de Moraes no seminário sobre a atualização do Código Civil, destacando a baixa presença de cerca de quarenta participantes, em sua maioria convidados dos palestrantes. O cancelamento de um dos painéis do evento foi justificado pela falta de tempo, e os palestrantes acabaram discursando durante um jantar realizado no Alvear Palace Hotel, onde o ministro Edson Fachin, vice-presidente do STF, foi homenageado.

Outros assuntos relacionados
Carlos Santana

Carlos Santana

Jornalista chefe

Jornalista e redator chefe do Jornal da Net.

São Paulo, SP.

Tópicos do conteúdo

Buscas relacionadas

Mega sena