União Brasil escolhe Rueda como líder do partido, porém Bivar contesta decisão.

Em um contexto de crise interna, o União Brasil realizou a eleição que definiu Antônio Rueda como novo presidente do partido até 2028. Rueda, que exercia o cargo de vice-presidente, entrou em conflito com o então presidente Luciano Bivar. O ex-prefeito de Salvador ACM Neto foi eleito como primeiro vice-presidente da legenda. Bivar, que não […]

Compartilhe este conteúdo


Em um contexto de crise interna, o União Brasil realizou a eleição que definiu Antônio Rueda como novo presidente do partido até 2028. Rueda, que exercia o cargo de vice-presidente, entrou em conflito com o então presidente Luciano Bivar. O ex-prefeito de Salvador ACM Neto foi eleito como primeiro vice-presidente da legenda. Bivar, que não participou da eleição, expressou a intenção de contestar o resultado.

Rueda afirmou que a chapa eleita seguiu rigorosamente as diretrizes estatutárias do partido. Ele obteve o apoio unânime dos filiados, bem como de mais de 50 deputados, oito senadores e quatro governadores do União Brasil, evidenciando a unidade e determinação da sigla.

Após cancelar a convenção nacional marcada para o mesmo dia, Bivar foi confrontado por Rueda, que obteve o respaldo da maioria da Executiva do partido para dar continuidade ao pleito. Rueda saiu vitorioso por 30 votos a 0. Diversas figuras políticas importantes, como o senador Davi Alcolumbre (AP) e os ministros Celso Sabino e Juscelino Filho, deram apoio a Rueda.

A nova diretoria eleita do União Brasil expressou gratidão pelo apoio dos filiados e delegados do partido, ressaltando que a realização do pleito foi uma demonstração do compromisso democrático e republicano da legenda.

O União Brasil resultou da fusão entre o DEM e o PSL, partido pelo qual Jair Bolsonaro foi eleito presidente. Rueda conquistou o apoio da maioria dos parlamentares, dirigentes e do governador de Goiás, Ronaldo Caiado. Enquanto isso, Bivar buscava fortalecer sua posição entre os membros provenientes do PSL, legenda que ele comandava antes da fusão. Durante a disputa, Bivar chegou a acusar Rueda de utilizar a sigla para interesses particulares.

Outros assuntos relacionados
Carlos Santana

Carlos Santana

Jornalista chefe

Jornalista e redator chefe do Jornal da Net.

São Paulo, SP.

Tópicos do conteúdo

Buscas relacionadas

Mega sena